Mito e Facto: Beber água à refeição prejudica a digestão
Mitos e Factos

Mito e Facto: Beber água à refeição prejudica a digestão

MITO! Beber água às refeições é um dos assuntos mais discutidos no mundo, mas ainda há muita incerteza em relação à questão de beber água durante a refeição e se esta prejudica a digestão.

A digestão inicia-se no momento em que se começa a mastigar a comida, ou seja, na boca. O ato de mastigar sinaliza as glândulas salivares para que estas comecem a produzir saliva, que contêm enzimas que ajudam a partir os alimentos. Quando o alimento chega ao estômago, é misturado com o suco gástrico que o tritura ainda mais e transforma-o num produto conhecido como quimo. No intestino delgado, este quimo, é misturado com enzimas digestivas do pâncreas e do ácido biliar do fígado, que o divide e prepara para a absorção no sangue. A maioria dos nutrientes é absorvida no intestino delgado. Só uma pequena porção destes nutrientes é absorvida no cólon, sobretudo a água. Quando chegam ao sangue, estes nutrientes são transportados para diferentes áreas do corpo humano. A digestão termina quando os nutrientes não utilizados, são excretados , através do cólon, pelo reto.

Há quem acredite que beber água durante as refeições pode dissolver o ácido e as enzimas digestivas, o que dificulta a função do organismo de digerir os alimentos. Esta afirmação implica que o sistema digestivo não seja capaz de adaptar as suas secreções à consistência de uma refeição com água, o que está incorreto. O corpo ajusta-se à quantidade de água e produz mais ácido, consoante o necessário.

É comum afirmar-se que o consumo de líquidos durante as refeições aumenta a velocidade com que os alimentos saem do estômago, reduzindo o seu tempo de contacto com o ácido gástrico e as enzimas digestivas. Porém, não existem indicadores científicos que sustentem esta afirmação. Apesar dos alimentos líquidos passarem mais rapidamente pelo sistema digestivo do que os alimentos sólidos, não têm efeito sobre a velocidade de digestão dos alimentos sólidos.

Embora não haja razões fundamentadas e comprovadas, no que toca à digestão, pelas quais não deva ingerir água durante a refeição, bastantes médicos acreditam que um copo de água ao longo da refeição é o suficiente para iniciar o processo digestivo e para a saciedade. Por outro lado, recomenda-se a pessoas mais sensíveis e com predisposição para problemas digestivos, tais como a indigestão, flatulências e deficiências na absorção de alguns nutrientes, a não beber mais do que um copo de água por refeição.

Concluindo, beber água não influencia negativamente a digestão, apesar de poderem existir exceções, em que pessoas com predisposição para certos problemas digestivos sejam aconselhadas a não beber mais do que um copo de água durante a refeição.