Saúde Digestiva

Diagnóstico

O Impacto da Pandemia na Saúde Digestiva

A pandemia de covid-19 teve impacto em todos os aspetos da nossa vida, incluindo a nossa Saúde Digestiva. Segundo o inquérito realizado pela Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) no âmbito do Mês da Saúde Digestiva, 69% dos inquiridos acreditam que o período pandémico esteve na origem de atraso na realização de exames de diagnóstico.

Os resultados aferidos neste inquérito são congruentes com a realidade que atravessamos. Em abril de 2020, a pandemia levou a uma redução de 90% na realização dos exames não urgentes. Esta quebra levou a um atraso significativo do qual ainda não foi possível recuperar na totalidade, o que poderá ter consequências avultadas e indesejáveis no futuro.

Estes exames são ferramentas essenciais para garantir uma vigilância clínica adequada e permitir um diagnóstico precoce de patologias gastrointestinais. Este é determinante para evitar a progressão de qualquer doença, ajudar a garantir a eficácia do tratamento e reduzir a mortalidade. As endoscopias e colonoscopias, por exemplo, são as metodologias ideais não só de rastreio e prevenção e evitar um conjunto de situações graves.

Considerando que as patologias do aparelho digestivo não provocam sintomas que alertem para a sua existência e que um terço dos cancros em Portugal estão relacionados com o aparelho digestivo, é urgente retomar a atividade para recuperar deste atraso nos exames não urgentes.

O medo de contrair a covid-19 continua a demover utentes de ir ao hospital, o que apresenta uma real dificuldade neste processo. Contudo, à medida que as vacinas são distribuídas e os serviços são reorganizados, é possível voltar à normalidade e recuperar a lista de espera.

Devem também ser feitos esforços no sentido de consciencializar a população para a importância da prevenção, não só a nível de hábitos pessoais, mas também no que diz respeito a procurar o gastrenterologista de forma regular e efetuar os exames de rastreio.

Durante o mês de junho, assinalamos o Mês da Saúde Digestiva que se afigura como uma oportunidade única de o fazer, contribuindo assim para a melhoria, do estado da Saúde Digestiva e da Saúde global dos Portugueses.

Conheça todos os resultados do inquérito aqui e descubra mais sobre a iniciativa Mês da Saúde Digestiva e os seus objetivos aqui.