Saúde Digestiva

Qual a influência dos nossos hábitos alimentares na Saúde Digestiva
Tratamento

Qual a influência dos nossos hábitos alimentares na Saúde Digestiva

16 de outubro é o Dia Mundial da Alimentação, um marco que pretende consciencializar a opinião pública sobre questões relativas à nutrição e à alimentação. É também um apelo global à erradicação da fome.

A alimentação é um comportamento individual benéfico para a nossa saúde global, e particularmente para a Saúde Digestiva. Ter hábitos alimentares saudáveis é fundamental para a prevenção de doenças gastrointestinais. Os órgãos do aparelho digestivo estão intrinsecamente envolvidos na nutrição humana, permitindo, após o processo de digestão, a absorção, para a corrente sanguínea, dos nutrientes necessários para que o nosso corpo funcione.

O Aparelho Digestivo compreende o Esôfago, o Estômago, o Intestinos Delgado o Cólon e Reto (intestino groso), o Fígado e o Pâncreas, órgãos que auxiliam em processos como o de ingestão, extração de nutrientes e eliminação de resíduos.

A má alimentação é um dos exemplos de comportamentos que agravam doenças ou podem levar a sérias complicações. No que respeita à Saúde Digestiva, as principais doenças que se desenvolvem por hábitos alimentares pouco saudáveis e desequilibrados são:

  • Diarreia, que normalmente decorre de infeções virais, intolerância a determinados alimentos ou de intoxicação alimentar. Quando não controlada, pode levar a um quadro de desnutrição;
  • Obstipação, que pode ser provocada pelo baixo consumo de fibras e líquidos;
  • Infeções Intestinais, que normalmente ocorrem quando se ingerem alimentos deteriorados, mal higienizados ou contaminados por bactérias;
  • Gastrite, que se caracteriza pela inflamação aguda ou crónica da mucosa que reveste o estômago.

Adotar uma dieta saudável e equilibrada deve ser uma preocupação de todos e deve estar presente no nosso quotidiano. O consumo de alimentos ricos em fibra hidrossolúveis como fruta fresca, legumes, arroz e cenoura, a moderação do consumo de carnes vermelhas e gordura e a ingestão diária de pelo menos  2l de água , são hábitos saudáveis, que devem ser encorajados. Esta conduta protege a microbiota, ou seja, os diversos microrganismos que colonizam o nosso corpo e que têm funções importantes para o bom funcionamento do nosso intestino e do nosso corpo em geral.

Não só neste dia, mas sempre, devemos ter a consciência de que as nossas escolhas alimentares são fundamentais para prevenir ou tratar doenças do Aparelho Digestivo.